Sem Título-1

Alfonso e Eiza González: Jovens das cavernas


Sem Título-1Depois de ter realizado um casting exaustivo, Alfonso Herrera e Eiza González foram escolhidos para dublar em espanhol a animação “Los Croods“, que em sua versão original conta com as vozes de Ryan Reynolds e Emma Stone.

Embora ambos já tenham tido experiência no âmbito da dublagem, consideram que esta animação, onde dão vida a dois jovens das cavernas chamados Guy e Eep, respectivamente, foi um projeto complexo que lhes ajudou a crescer no âmbito profissional.

O ator Alfonso Herrera, quem foi o encarregado de dar vida a Guy, um homem das cavernas aventureiro que conhece Eep de forma acidental, expressou seu agradecimento aos diretores de dublagem, já que sem eles não poderiam garantir o êxito deste projeto que marca sua terceira participação na dobragem após filmes como Igor (2008) e El Lórax(2012).

“Sempre disse que quando faço dublagem me sinto um intruso, pois no México temos grandes mestres que se dedicam inteiramente nisto e que comem, vivem e respiram a dublagem. Fazer isto é uma arte e agradeço a todos aquelas pessoas que me apoiaram neste caminho. Aceito este tipo de projeto porque me parece interessante me envolver em coisas produtivas.”
“Ultimamente decidi trabalhar em projetos que tenham uma mensagem, que tenham algo a falar e que não sejam apenas leviano”. – Pontualizou quem há alguns meses gravou o longa Obediencia Perfecta, que denuncia a pederastia ao fundo da Igreja Católica.

A dublagem de Los Croods foi finalizada no final de fevereiro num estúdio localizado na colonia Del Valle. Alfonso Herrera foi o primeiro a chegar no local e depois de saudar as pessoas encarregadas da dublagem, entrou na cabine de gravação para continuar seu trabalho que havia realizado no dia anterior.

Vestido de jeans, moletom e tênis, sob o argumento de que com isso se evita ruídos no microfones causado pela fricção da roupa. Do outro lado da cabine vai ensaiando a parte que corresponde o roteiro de Los Croods. Atento as indicações de entonação de voz, repete várias vezes até alcançar o que a cena requer.

“Temos no estúdio a voz fria de Ryan Reynolds e esta me serve de referência; no entanto, na hora de trabalhar temos que tropicalizá-lo. Percebi que os gringos terminam com a intenção pra cima (entonação nas últimas sílabas) e nós não. Com isso, temos que nos adaptar, sem perder o frescor.

“Quanto as repetições, só posso lhe dizer que um enunciado de, por exemplo sete palavras, trabalhei até em 40 minutos, pois trato de sincronizar minha voz com os movimentos de lábios, o ritmo e a intenção do meu personagem”, explicou Herrera, quem requisitou cinco dias de trabalho para dublar a Guy.

Créditos: Excelsior
Tradução e adaptação: RBDForever

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s