Alvaro Cueva faz crítica positiva a Maite Perroni e a novela Cachito de Cielo!


O importante crítico de novelas, Álvaro Cueva, fez uma crítica positiva às mudanças ocorridas na novela protagonizada por Maite PerroniCachito de Cielo. Além disso, Álvaro elogiou Maite como atriz, a comparando à crítica que ele fez quando ela interpretava Lucrécia, em Mi Pecado. Na época, Cueva colocou Maite entre as melhores atrizes do México.

Agora sim eu fiquei como estúpido. Com o que? Com o giro que tem tomado a novela Cachito de cielo do Canal de las Estrellas.

Por que? Porque é magnífico, e dizer isso de um projeto que começou com o pé esquerdo não é qualquer coisa.

Você sabe da humildade que se precisa para reconhecer um erro neste negócio? Você sabe a inteligência que se requer para fazer um ajuste tão radical sem que o público se espante e fuja correndo?

Isso é para quem está no mundo da televisão, como por exemplo os estudantes de comunicação e roteiro. Apenas posso imaginar.

Que sabedoria a dos produtores Giselle González e Roberto Gómez Fernández, e de seus escritores, porque qualquer outra equipe criativa, nas mesmas circunstâncias, teria terminado na lama.

Cachito de cielo é hoje um dos melodramas seriados mais recomendáveis do mercado, um conceito intenso, forte e, inclusive, com um admirável sentido social.

Façam de conta que estamos voltando a ver algo como Para volver a amar, algo grande, algo para presumir.

Nada a ver entre o que está agora e aquela estranha comédia com anjinhos, jogadores de futebol e padres apaixonados.

Você tem que assistir essa novela, e quando a assistir, não vai querer deixar de ver nunca mais.

Agora temos a história de um homem que perdeu tudo e que tem que começar do zero para conquistar o amor de sua vida e um banquete de subtramas, de loucura de tão boas.

Qualquer pessoa de qualquer país pode se identificar com esses conflitos de dúvidas, de violência intra-familiar, de luta pelos direitos da mulher e de questões ainda mais profundas.

Raquel Pankowsky se transformou na sensação do momento e o que dizer de Cynthia Klitbo, de Azela Robinson, de Cecilia Gabriela, de Otto Sirgo e de todos os demais?!.

Nem tem como não comentar de tão excelentes em seu trabalho e de tão bem dirigidos. Se aventuraram em umas cenas que já as querem nas melhores produções da noite. Que coisa tão sensacional!

Nem tem caso que eu diga que Maite Perroni voltou a ser a prodigiosa atriz de Mi pecado e que Pedro Fernández se transformou em uma espécie de mini-Pedro Infante de tão simpático.

Fonte: Milenio
Tradução e Adaptação: Maite MVP

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s