#Nota: Poncho Herrera não busca a fama


O ator considera que seleciona os projetos nos quais participar pelo crescimento pessoal que lhe deixa, não pela fama.

Há famosos que queixam-se por ter uma agenda tão apertada que não lhes resta tempo para nada, no entanto, Poncho Herrera agradece por seus dias estarem ocupados com projetos, viagens, gravações e entrevistas.

Seja no teatro, televisão, música e a agora novamente no cinema como dublador no filme “El Lorax“, Alfonso garante que se sente pleno com tanto trabalho.

“Sinto-me privilegiado por trabalhar naquilo que eu gosto, independentemente do formato e realizando projetos que contribuam com algo. O importante é continuar a trabalhar da mesma forma que sempre fiz, e ainda se divertir” expressou o ator em entrevista a Quién.com.

“A novela tem me dado muitas alegrias, da mesma maneira que pude me aventurar no cinema, agora estou fazendo teatro e creio que o importante é trabalhar”, agregou.

Ao contrário do que muitas pessoas poderiam pensar, para Herrera, a fama não é uma prioridade. Ele prefere selecionar projetos que lhe deixem algo a nível pessoal.

“Isso é ao que me dedico e felizmente é um trabalho mais, não tem nada a ver com as questões da fama ou a projeção. Muitas das vezes os projetos que escolhes dizem o que queres transmitir, e este filme tem uma mensagem muito clara a respeito do cuidado com o meio ambiente”.

Poncho da a voz ao pequeno “Ted” nessa animação que compartilha créditos com Sandra Echeverría e Laura Luz.

“Recebi um convite da Universal para fazer um teste de voz e semanas mais tarde fui convidado para dublar a voz de ‘Ted’. Depois disso foram duas sessões de 12 horas, cansativas, mas também divertidas (… ) Eu me senti como um estranho, porque as pessoas realmente fazer com maestria, se dedicam a isso e tem toda a experiência do mundo. Tive um coach de dublagem que me orientou”, explicou.

Um fator motivador para Poncho formar parte desse filme foi a mensagem ecológica, bem como os cidadõess estão preocupados com a melhoria do ambiente.

“Cada vez somos mais e cada vez os recursos são menos. Às vezes as crianças estão mais conscientes sobre o meio ambiente do que nós, e se nós estamos fornecendo a semente para uma mudança no ambiente, que melhor forma de fazer-lo divertindo-se”.

E explicou: “É a história do que acontece em uma cidade onde vive ‘Ted’. Nesta cidade tudo é artificial e meu personagem pouco a pouco se intera do que aconteceu e começa a desvendar o que ocorreu com as árvores”.

Créditos: Quién.com
Tradução e adaptação: RBDForever

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s